fbpx

Por que o backup em nuvem é mais seguro do que o backup tradicional?

Postado em 20 fev 2018

Tags: 2Cloud, ataques cibernéticos, automatização backup

backup-em-nuvem-vantagens-2cloud

O ano de 2017 entrou para a história como o ano dos ataques cibernéticos em larga escala. Ouvimos falar de ataques, sequestro de dados e roubo de informações com cada vez maior frequência. Como cita uma reportagem do site ComputerWorld de dezembro de 2017, casos sequenciais de ataques cibernéticos paralisaram serviços variados e ocasionaram prejuízos financeiros e operacionais a empresas e cidadãos em todo o mundo.

E as perspectivas para 2018 não são de termos um mar tranquilo. Muito pelo contrário. Segundo uma outra notícia do site TI Inside Online, de janeiro de 2018, se em 2017 tivemos que conviver com ataques por ransomware, malware e outros programas maliciosos, em 2018 é provável que tenhamos que lidar com a evolução desses ataques. Frente a isso e a uma crescente preocupação das empresas com a segurança de dados, chegou a hora de falarmos sobre as diferenças entre backup tradicional e backup em nuvem.

Por que a segurança de dados é uma questão tão complexa em uma empresa?

Antes de falar das características do backup em nuvem e das razões dele ser mais seguro do que um backup tradicional feito por uma empresa, é importante comentarmos que a segurança de dados é feita de diversos pilares. Não existe uma bala de prata que defina tudo que se relaciona com as informações importantes de uma empresa.

Por exemplo, não adianta você ter um cofre se 10 pessoas têm acesso à chave dele. Então existem empresas, especialmente indústrias, que já sofreram com roubo de informações e espionagem industrial, e que só “confiam” em backups feitos internamente. Mas essas mesmas empresas não têm nenhuma restrição de uso de pendrives ou de uploads feitos em serviços como Gmail ou Google Drive.

Ora, se a sua empresa se preocupa em fazer um backup mas não investe em outros controles de acesso e de cópias das informações importantes, de pouco serve a sua preocupação, não é mesmo? Porque a sua empresa estará vulnerável ao roubo de informações – tanto de forma interna quanto externa.

Boa parte do risco envolvendo informações vitais está no controle de acesso dos usuários. Quem acessa o que, basicamente. Dessa vulnerabilidade, são originadas várias outras. Por exemplo, imagine que um funcionário sabe que será demitido e acaba, em uma terça-feira, apagando uma série de arquivos importantes para a sua empresa – como a carteira de clientes que ele gerenciava.

Agora imagine que o gerente desse funcionário percebe que esses arquivos importantes foram apagados apenas na sexta-feira seguinte à da demissão do antigo colaborador. Se essa empresa fizesse um backup apenas por espelhamento – utilizando serviços como Google Drive, OneDrive ou Dropbox -, ela teria perdido definitivamente aqueles arquivos deletados pelo ex-funcionário. Isso porque esses serviços simplesmente replicam na nuvem o que a empresa tem em seus diretórios – eles não fazem, realmente, um backup.

Outra possibilidade seria se a empresa tivesse investido em um backup tradicional. Para resgatar aqueles arquivos deletados, o responsável pelo backup da empresa teria que ter a segurança de ter um backup válido, recente, e que não tivesse sido corrompido. Agora, realmente quantos gerentes ou analistas de TI conseguem, manualmente, todos os dias, fazer um backup da empresa em que eles trabalham?

Como o backup em nuvem pode ajudar uma empresa na gestão de seus dados vitais?

Pela nossa experiência atendendo diversos setores e portes de empresas, não são raras as companhias que investem em backups tradicionais passarem por dois tipos de problema: primeiro, terem backups defasados, que não são feitos com a frequência indicada e/ou desejada (há casos de empresas que há seis meses não realizam um backup); ou que os backups feitos nunca tenham passado por um restore (ou seja, ninguém nunca testou se o backup funciona, se ele está corrompido ou se ele roda).

Isso não acontece com um backup em nuvem. Porque o backup em nuvem é gerenciado e tem um grande diferencial em relação ao backup tradicional: ele é automatizado. Assim, se uma empresa precisa de um backup por dia, esse backup vai acontecer, e se houver qualquer problema que impeça esse backup de ocorrer no horário e na frequência programada, o sistema da 2CLOUD vai avisar o cliente e a equipe especializada da 2CLOUD sobre o que aconteceu.

A frequência de backups depende da necessidade de cada cliente – mas é importante lembrar que sempre que um backup é feito, os sistemas da empresa são exigidos, o que faz com que eles possam ficar mais lentos. Geralmente, o recomendado é um backup por dia. Mas há empresas que solicitam backups a cada hora.

A melhor escolha para cada empresa é feita junto com a equipe de especialistas da 2CLOUD, que avalia o perfil e as necessidades de backup e segurança de dados do cliente. Em alguns casos, pode ser interessante fazer o backup de parte dos dados e para os sistemas mais críticos contratar um PCN (Plano de Continuidade de Negócios), que realiza uma réplica minuto a minuto nos data centers da 2CLOUD.

Descubra as principais vantagens do backup em nuvem

Uma das principais vantagens do backup em nuvem, por ele ser gerenciado, é que a sua empresa não correrá o risco de ficar sem o backup ser executado no período em que deveria. Se isso ocorrer, por causa de uma queda de energia na sua companhia ou por problemas no link da internet, imediatamente a 2CLOUD e a sua empresa serão avisados disso e o problema poderá ser corrigido.

Outra vantagem é que os dados importantes da sua empresa estarão em um ambiente seguro e à prova de falhas. Diferente de você manter um backup junto com os seus servidores ou de ter um backup sendo levado para casa diariamente por um membro da sua equipe de TI.

No primeiro caso, se houver um incêndio na sua infraestrutura, a sua empresa perde não apenas os dados originais como também o backup. No segundo caso, a sua empresa tem o risco de ter o backup feito em HD roubado, furtado ou mesmo destruído em um caso de acidente com o seu funcionário – sem contar que essa pessoa dificilmente poderá tirar férias, porque a sua empresa necessita de pelo menos um backup diário.

Todos esses riscos e perigos desaparecem quando você contrata um backup em nuvem. Além de abolir o risco com as perdas físicas e/ou danos de infraestrutura, com o backup em nuvem a sua empresa elimina o risco dos erros humanos – e você sabe, todo processo que depende do fator humano, está sujeito a erros. Isso não acontece com a automatização oferecida pelo backup em nuvem.

Além disso, como comentamos antes, o backup em nuvem permite diversas retenções dos dados da sua empresa. Cada retenção é como se fosse um retrato dos dados que a sua companhia tem em um determinado dia. Como são feitas diversas retenções diferentes desses dados, quando um funcionário apaga arquivos importante por acidente ou de forma proposital, para prejudicar o seu negócio, esse problema pode ser corrigido facilmente.

Importante comentar que, a exemplo da frequência com que um backup em nuvem é feito, o histórico de retenções também é definido conforme o perfil e a necessidade de cada cliente. Dessa forma, a 2CLOUD fornece equipe especializada e infraestrutura para o backup em nuvem, além de atendimento especializado e personalizado.

Invista melhor os seus recursos contratando o backup em nuvem da 2CLOUD

Com isso, a sua empresa não precisa gastar com a compra de um software de backup – que custa, em média, R$ 80 mil -, investir na atualização do programa e na contratação e/ou deslocamento de um especialista para cuidar dos backups regulares dos seus dados.

Com um boleto pago todos os meses, toda essa gestão e infraestrutura pode ficar com a equipe de especialistas da 2CLOUD, que ainda roda os seus serviços em data centers com certificação TIER III – a mais segura do mercado.

No caso da sua empresa aderir ao backup em nuvem conjugado com o backup local – indicado para empresas com links de internet complicados e também para todas as empresas que querem ter mais segurança na gestão de seus dados -, as equipes da 2CLOUD também prestam toda a assessoria para que esse backup local seja feito da forma correta. Sem contar que o processo de backup local se torna muito fácil com o sistema da 2CLOUD.

Um outro ingrediente importante do backup em nuvem é a segurança que ele dá para quem o contrata. Nesse sentido, existem duas possibilidades de controle dos dados por parte do cliente: o backup criptografado e o backup em nuvem sem essa criptografia. Novamente, essa é uma escolha da empresa que contrata a 2CLOUD. Com o backup criptografado, apenas o cliente tem a chave que permite o acesso ao backup em nuvem.

Alguns clientes, contudo, com receio de perder a chave que dá acesso ao backup criptografado, preferem que o backup seja feito em ambiente controlado mas sem a criptografia. Nesse caso, a segurança dos dados é garantida pela política de segurança da 2CLOUD que, entre outros pontos, prevê que uma pequena equipe de especialistas em backup tenha acesso apenas à sua carteira de clientes – ou seja, existe restrição de acesso de usuários mesmo internamente.

Faz parte dessa política de segurança de dados que todos os funcionários da 2CLOUD passem por avaliação de psicólogos e que tenham contratos de confidencialidade. Todas essas características do backup em nuvem protegem as empresas tanto de ataques internos quanto das ameaças externas cada vez mais frequentes.

 

Link da agência Brava Digital